sábado, 13 de outubro de 2012

Coluna Rede Literária, edição # 18, de 13 de outubro de 2012

PRÓLOGO

Salve, turma. Aproveita mais esse feriadão para ir numa livraria ou banca comprar livros de autores roraimenses. A produção local está muito boa e diversificada, dando conta de todos os gostos. E se acaso você dirige ou tem influencia em alguma instituição com grana, mande comprar muitos exemplares para distribuir entre os colabodores. Afinal, como sempre digo, escritor não vive só de "parabéns pela obra".
Beijos.

Edgar Borges
Twitter: @borgesedgar


PRÊMIO BIBLIOTECA

Estão abertas até o dia 17/11 as inscrições para o Prêmio Literário Biblioteca Nacional 2012, cujo objetivo é premiar autores, tradutores e projetistas gráficos com obras publicadas entre 1/9 de 2011 a 31/8 de 2012, no Brasil. Serão premiadas obras nas categorias Poesia, Romance, Conto, Ensaio,Tradução, Projeto Gráfico, Literatura Infantil e Literatura Juvenil. Só podem participar as obras que estejam em dia com a Lei do Depósito Legal e que possuam número de ISBN. O edital pode ser lido no portal da FBN.


LITERÁRIOS


Os empresários Antônio Bentes e Susan Valle comemoram neste mês os três anos da Livraria Saber

PRÊMIO PARA PROFESSORES

Docentes com experiências exitosas podem se inscrever até 27 de outubro no 6º Prêmio Professores do Brasil. A iniciativa do Ministério da Educação (MEC) quer valorizar práticas pedagógicas bem-sucedidas, criativas e inovadoras na rede pública de ensino. Os interessados devem acessar o site. A premiação é R$ 7 mil, além de troféu e certificados.


CUENTA CUENTOS
A Universidade Federal de Roraima está com inscrições abertas para oficinas culturais que serão ministradas por artistas venezuelanos. Uma delas é a "Cuenta cuentos - Contador de histórias", com 30 vagas. As atividades serão realizadas de 23 a 25 de outubro, das 14h às 17h. Inscreva-se na sala 417 (DCULTE), bloco IV da UFRR. Infos: 3621 3166

DOAÇÃO DE LIVROS



A Fundação Itaú está doando livros infantis para incentivar o hábito da leitura. A ação faz parte da campanha Leia para uma Criança. Se você quiser solicitar os seus, acesse Itaú Criança, faça o pedido, recebe e vá ler para os pequenos de sua vida.

HISTÓRIAS
Neste sábado tem contação de histórias na Livraria Saber, a partir das 10h. As crianças presentes poderão concorrer a brindes literários. A programação faz parte das celebrações dos três anos da livraria.

DIA DE LER
E ontem, 12 de outubro, foi o Dia Nacional da Leitura, instituído em 2009 pela Presidência da República. No blog do Instituto Ecofuturo peguei 4 dicas boas para ajudar seu filho a ser um bom leitor: 1) Leia em voz alta com eles.2)Converse com eles e escute-os quando falam.3) Dê o exemplo: faça com que vejam você lendo e escrevendo. 4) Crie uma biblioteca em casa, e uma biblioteca pessoal para a criança, onde ela se acostume a guardar os livros e a buscá-los.

VÍDEO E LITERATURA



O Festival Literatura em Vídeo 2012, realizado pelas editoras Ática e Scipione, com apoio da MTV, da produtora Buriti Filmes e do portal Tela Brasil, segue com as inscrições abertas até dia 28 deste mês. Podem participar educadores e alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio das redes pública e privada de todo o país. As categorias são Júri Técnico, Júri Popular e Destaques Regionais, Melhor direção de arte, Melhor Roteiro, Melhor Fotografia e Melhor Som. Os vídeos vencedores serão veiculados na grade da programação da MTV. Mais Infos aqui.

POLIGLOTAS
E então você se acha poliglota, viajado, entendendor de todas as línguas? Isso quer dizer que o site Classics Podcast foi feito para você. Acessa e clica nos links para podcasts de leituras em latim e textos em grego antigo. Boa audição.

PARA TER IDEIAS

 
CENAS LEITORAS


"A leitura é um hábito que se adquire e nos leva a um mundo mágico", diz a militar e fotógrafa Jô Evangelista, autora da imagem de Beatriz e Raissa Evangelista.

NOBEL DE LITERATURA



O chinês Mo Yan, 57, venceu na quinta (11) o prêmio Nobel de Literatura 2012, entregue pela Academia Sueca. Segundo a academia, usa realismo alucinatório para combinar contos do campo, história e contemporaneidade. Suas obras não estão disponíveis em português. No Brasil são encontradas em catálogo apenas edições em outras línguas, como inglês e espanhol. O escritor é filho de fazendeiros, deixou de estudar por volta dos 10 anos, durante a Revolução Cultural chinesa, e foi trabalhar numa fábrica de óleo. Aos 20, entrou para o Exército de Libertação Popular e em seguida começou a escrever. Seu primeiro livro, "Sorgo Vermelho", é de 1987.