sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Coletivo Caimbé leva literatura roraimense ao Amapá

Promover entre os ribeirinhos do Amapá o prazer da leitura de forma lúdica e expor diversas manifestações artísticas. Com este objetivo, o Movimento NossaCasa de Cultura e Cidadania e o Coletivo Arteliteratura Caimbé estarão entre os dias 25 de agosto e 2 de setembro realizando uma Pororoca Cultural no Rio Macacoari.

A Pororoca Cultural vai acontecer nas comunidades São Tomé, Igarapé dos Porcos, Foz do Rio Macacoari e Carmo do Macacoari, todas no município de Itaubal (AP). O Coletivo Caimbé será representado pelo escritor Edgar Borges, que dará continuidade às atividades do projeto Caminhada Arteliteratura, iniciado em janeiro deste ano.

A Pororoca terá diversas atividades: muita poesia; incentivo à leitura dos gibis doados na campanha de arrecadação feita pela NossaCasa (Confira neste link); contação de histórias pelos mestres das comunidades; artReciclagem; exibição de filmes educativos;brincadeiras com o Palhaço Ribeirinho; exercício de comunicação livre, com a Rádia Megafônica NossaCasa; oficina de fotografia e rodas de conversa sobre editais do Programa Mais Cultura do Ministério da Cultura - MinC.

Literatura que faz o mundo ficar pequeno

Edgar Borges vai levar ao Amapá as poesias da mostra de fotos e poemas “Curt@s histórias e poesias”, exibida em Palmares (PE) e Novo Lino (AL), e fará oficinas de criação literária. Também selecionou textos gravados de diversos autores para fazer uma mostra poética auditiva.
A realização da Pororoca Cultural é um das atividades do projeto Mochileiro Tuxaua Cultura Viva - Do Oiapoque ao Chuí, idealizado pelo arte-educador Jonas Banhos, premiado pelo Ministério da Cultura, por meio da Secretaria de Cidadania Cultural, com o Prêmio Tuxaua Cultura Viva 2010. Para conhecer mais sobre o projeto, acesse o blog Mochileiro Tuxaua.

Convidado pelo Coletivo Arteliteratura Caimbé, Jonas esteve em Roraima em maio deste ano para participar do projeto Caminhada Arteliteratura nas comunidades Boca da Mata e Sorocaima II. À época, a Caminhada ainda estava sendo feita com recursos da Bolsa Funarte de Circulação Literária. O compromisso com a Funarte encerrou mas o grupo decidiu que toda atividade fora de Boa Vista terá a rubrica Caminhada Arteliteratura. Para saber como foi o projeto, visite o blog.

NossaCasa -
O Movimento NossaCasa de Cultura e Cidadania nasceu em 2008, em Macapá(AP), com o objetivo de contribuir para a formação do novo cidadão. Seu foco principal é democratizar o acesso ao livro, à literatura e à leitura, sobretudo para as comunidades tradicionais/originárias da Amazônia, sejam elas ribeirinhas, de agricultores, extrativistas, quilombolas, assentados da reforma agrária, pescadores e/ou indígenas.


Atividades da NossaCasa

O Movimento NossaCasa é formado por arte-educadores populares, voluntários, com origens na zona rural, que mochilam pelas comunidades montando equipamentos culturais (bibliotecas comunitárias, telecentro, cinceclube, brinquedoteca) e realizando rodas de leitura utilizando-se de diversas artes para atrair novos e velhos leitores. Já serviram de palco para suas intervenções: pontes, centros comunitários, casas de moradores, Igrejas, comunidades ribeirinhas, paradas de ônibus, praças públicas,Feiras de Livro, Escolas, Universidades, Encontros e Conferências de Cultura e Comunicação, nos Estados do Amapá, Pará, Roraima, Piauí,Ceará, Distrito Federal e Goiás. As atividades podem ser conferidas neste blog.