quinta-feira, 30 de abril de 2015

Coluna Rede Literária, edição # 140, de 30.04.15



PRÓLOGO

Boa quinta, povo!

Trazemos nesta edição poemas, registros e avisos de lançamentos de livros, aventuras literárias nas savanas roraimenses e uma chamada para o coração solidário de vocês, que gostam de literatura e de ajudar as pessoas. Façam parte da mobilização #AjudeALai e colaborem com a campanha que está arrecadando fundos para ajudar a jovem em seu tratamento neurológico fora do Estado.

Edgar Borges
Mande notícias: culturaderoraima@gmail.com / edgarjfborges@gmail.com
Siga no twitter: @borgesedgar

AJUDE A LAI



Ligue para a turma que está vendendo os tíquetes da rifa e participe da campanha #AjudeALai. Caso queira, deposite qualquer quantia no Banco do Brasil, Agência 5780-0, Conta Poupança 14636, variação 51 e ajude com os custos do tratamento neurológico de Laiwani Adairalba Dantas, filha da poeta Zanny Adairalba e enteada deste colunista que vos escreve. Lai tem 20 anos, quatro síndromes neurológicas e uma doença autoimune. Se não puder apoiar financeiramente, reserve um minuto do dia e envie pensamentos positivos para a recuperação da jovem. Acompanhe o andamento do processo na fan page www.facebook.com/ajudealai.

LANÇAMENTO

Confira fotos do lançamento do livro de poemas “Ainda se estivesse faltando pedaços”, de Marcelo Perez. A obra pode ser encontrada nas livrarias Saber, Nobel e UFRR.

Poesia ao vivo Marcelo Perez e Rafael Inforzato


 
Marcelo Perez  e sua esposa Tatiana Sodré, com Ana Beatriz, filha do casal


A melhor hora: a dos autógrafos

LEI DE INCENTIVO

A Secretaria Estadual de Cultura publicou o edital da Lei de Incentivo à Cultura de Roraima. O documento pode ser acessado no site da Imprensa Oficial (www.imprensaoficial.rr.gov.br). Procure no dia 16.04 a primeira versão e no dia 23.04 a retificação do mesmo. As inscrições vão de 5 de maio a 5 de junho de 2015. 


OFICINAS

A Lei de incentivo à Cultura foi tema de uma oficina promovida ontem pela Secult em Boa Vista. Foram apresentados os benefícios da lei e esclarecidas dúvidas sobre a construção dos projetos culturais a serem inscritos. No dia 30, a oficina será realizada no município de Mucajaí e no dia 6 de maio, na Univirr (Universidade Virtual do Estado de Roraima), com transmissão para as demais cidades do Interior do estado. Podem participar artistas, produtores, empresas culturais e todos os interessados em obter o apoio financeiro proveniente de incentivo fiscal através da lei.

OLHARES


Agende-se: vai ter sarau no auditório do IFRR no próximo dia 8 de maio, com a professora Aline Cavalcante Ferreira e seus pupilos lançando o livro “Olhares Poéticos”, resultado do Projeto Sarau Literário/Programa Inova. A obra tem 86 poemas de 20 alunos dos cursos técnicos integrados ao ensino médio na instituição. Será às 18h30, com entrada franca.



HAI KAIS


O livro de hai kais ‘Um tom para a Poesia’, de Roberta Cruz, chega a sua 2ª edição com editora nova. A obra está à venda na livraria Saber e terá versão e-book no catálogo das principais livrarias nacionais. Em data a definir, a poeta irá receber na Saber amigos e leitores que gostam de poesia. No momento, Roberta trabalha a divulgação do livro em outros Estados. (Foto: Cláudio Lavôr)

POEMA 

Oh Pai, quanto Desamor, quanta dor, quantos Tira-dentes? Quanto soluçar, quanto dói o calar? Quanto custa amar, me diga o valor, o preço, a medida, a balança, o peso, a dose exata do Amar o Amor para te encontrar e curar o desejo, o apego, o querer e aniquilar o EGo. Como quebrar todos os espelhos de Narciso e secar todas águas refletoras de si mesmo? Dai tu a outra face, tirai-me tu das sombras, fazei-me tu a Tua Luz, seja-me Tu Minha Cruz.

Poema de Larissa de Melo Lima.


DISTRIBUINDO LITERATURA

O Coletivo Arteliteratura Caimbé continua sua jornada artística e cultural pelas savanas roraimenses. Na semana passada, como parte de um projeto apoiado pelo programa Mais Cultura nas Escolas, do MinC/MEC, foram distribuídos cerca de 230 exemplares de obras de escritores de Roraima para alunos da escola municipal Tuxaua Albino Moraes, na comunidade indígena Ilha, localizada na reserva São Marcos. Além disso, houve oficina de capoeira com o mestre Ongira, do grupo Angola Palmares, e de desenho, com o artista plástico Marcelo Santa Isabel. Para ver mais fotos, acesse a fan page www.facebook.com/coletivocaimbe.