sábado, 26 de abril de 2014

Coluna Rede Literária, edição # 93, de 26.04.14

PRÓLOGO

Salve, gente linda! Chegamos aí tentando conectar você com o que rola no mundo da literatura. Se liga nas notícias e manda as tuas também.

Beijos, que hoje estou com muita pressa.

Edgar Borges
Mande notícias: culturaderoraima@gmail.com/edgarjfborges@gmail.com
Siga no twitter: @borgesedgar

PREMIADOS NA OLAVO


Essa turma bonita de estudantes do 6° ao 9° ano foi premiada ontem no IV Concurso de Poesia da escola estadual Olavo Brasil Filho. A festa literária faz parte do projeto Formando Leitores e consistiu na produção de textos e apresentação dos mesmos para os seus colegas e quatro jurados.

PREMIAÇÃO LITERÁRIA

A organização do concurso coube às mediadoras da sala de leitura da escola, as educadoras Lídia Lima de Souza e Mirian de Negreiros da Silva. Elas e Angela Maria Silva Santos, da Associação de Pais e Mestres, tiveram uma ideia que vale ser destacada como exemplo a ser seguido em todo concurso literário: valorizando a produção local, os ganhadores receberam como parte da premiação livros dos autores locais Rodrigo Mebs, Roberto Mibielli e deste que lhes escreve.


PARA DRAMATURGOS

És um jovem com talento para a dramaturgia? Então esta dica te interessa: estão abertas até seis de junho as inscrições no IV Concurso Jovens Dramaturgos – 2014. Baixa o edital em http://teatroescolasesc.wordpress.com/ e boa sorte.















ADEUS A GABO



A menos que tenha passado uns dias em Marte, com certeza a informação da morte do escritor colombiano Gabriel García Márquez chegou até você no feriadão da Semana Santa. Como forma de homenagem ao autor de Cem Anos de Solidão, obra que li umas 13, 14 vezes desde que tinha uns 11 anos de idade, deixo-lhe dois links: um para o discurso de Gabo quando ganhou o prêmio Nobel em 1982 (http://bit.ly/Rt3xHo) e o vídeo de uma entrevista no mesmo ano, ambos em espanhol:







ESPECIALIZAÇÃO EM CULTURA

A Universidade Estadual de Roraima prorrogou até 9 de maio as inscrições no processo seletivo do Curso de Especialização em Economia, Cultura e Desenvolvimento. São 40 vagas para graduados ou pessoas que estejam no último semestre de qualquer curso. O edital está em www.uerr.edu.br. A proposta é ampliar o capital intelectual de produtores e promotores culturais e gestores públicos e privados, por intermédio do Grupo de Pesquisas da UERR em Economia, Cultura e Desenvolvimento no Contexto Amazônico.


OLÍMPIADA DA LÍNGUA PORTUGUESA

Últimos dias para inscrever-se na 4ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa – Escrevendo o Futuro. Podem participar alunos e professores de escolas públicas do 5° ano do Ensino Fundamental ao 3° ano do Ensino Médio. 
As inscrições devem ser efetuadas até 30 de abril, exclusivamente no site www.escrevendoofuturo.org.br. A Olimpíada é dividida em quatro categorias: 1) Poema (5° e 6° ano do Ensino Fundamental), 2) Memórias Literárias (7° e 8° ano do Ensino Fundamental).
E ainda 3) Crônicas (9° ano do Ensino Fundamental e 1° ano do Ensino Médio) e 4) Artigos de Opinião (2° e 3° ano do Ensino Médio).

BIBLIOTECA FECHADA



A Folha de Boa Vista divulgou semana uma matéria abordando a quantidade de volumes disponíveis na Biblioteca Pública Estadual, localizada no Centro de Boa Vista. No meio do texto, apareceu uma informação que contraria todas as políticas públicas que estão sendo discutidas Brasil afora para dar um reforço nos níveis de leitura no país: além de funcionar apenas em horário comercial, a biblioteca não abre aos finais de semana. Ou seja, funciona para poucos e por pouco tempo.


SUGESTÃO AO GOVERNO

Este colunista, que por acaso também é integrante do Colegiado Setorial de Literatura, Livro e Leitura do Ministério da Cultura, tem uma humilde sugestão para o governador Chico Rodrigues: se de fato pretende trabalhar para desenvolver Roraima, comece mandando abrir a biblioteca além do horário comercial e aos finais de semana, autorize a compra de livros (principalmente de escritores locais da área literária), mande criar políticas de dinamização daquele espaço e invista pesado na área da literatura. Afinal, sem leitura não tem povo que progrida de verdade.