quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Nesta quinta tem oficina de elaboração de projetos para o programa Amazônia Cultural




Nesta quinta-feira (12) será realizada uma oficina de elaboração de projetos para apresentação no Programa Amazônia Cultural. A atividade irá das 8h às 18h, nos polos da Universidade Virtual de Roraima em cada município.

Podem participar produtores, artistas e todos os envolvidos com cultura de Roraima. A ideia é esclarecer dúvidas e orientar na apresentação dos projetos que vão concorrer aos recursos ofertados pelo programa do Ministério da Cultura.

A oficina é gratuita e está sendo realizada pela Secult/RR e o MinC em parceria com a UNIVIRR e a Escolegis.

Amazônia Cultural

Até 30 de setembro estarão abertas as inscrições para o Programa Amazônia Cultural. O objetivo da iniciativa é fomentar a produção cultural da Região Norte e contemplar o público ainda não alcançado com recursos da Lei Rouanet

Os projetos deverão se encaixar nos quatros eixos:

Eixo 1 - Estímulo à produção e inovação cultural - Projetos que fomentem ou desenvolvam atividades voltadas para inovação, criação e produção cultural.

Valor disponível para o eixo: R$ 1 milhão
Valor máximo por projeto (auxílio/repasse): R$ 80 mil

Eixo 2 - Fortalecimento de redes e valorização da cultura local - Projetos que valorizem a cultura e as expressões locais, fortalecendo as redes de cooperação e organizações de pessoas, possibilitando o desenvolvimento sócio-econômico da região.

Valor disponível para o eixo: R$ 1 milhão
Valor máximo por projeto (auxílio/repasse): R$ 80 mil

Eixo 3 - Pesquisa, formação e capacitação – Projetos que envolvam levantamentos de dados e ações de formação e capacitação e que promovam o fortalecimento e o desenvolvimento da cultura na região, possibilitando a troca de conhecimentos e experiências.

Valor disponível para o eixo: R$ 1 milhão
Valor máximo por projeto (auxílio/repasse): R$ 80 mil

Eixo 4 - Circulação e intercâmbio - Projetos que possibilitem encontros artísticos, trocas de conhecimentos e saberes, circulação e acesso cultural, desde que a execução ocorra em, no mínimo, dois municípios da Região Norte.

Valor disponível para o eixo: R$ 2 milhões
Valor máximo por projeto (auxílio/repasse): R$ 120 mil

Com a finalidade de estimular o fomento da cultura, principalmente no interior do estado, o MinC vai bonificar projetos que tiverem origem nas cidades interioranas. Projetos do interior e de povos tradicionais podem ganhar até dois pontos de bonificação. A expectativa é levar a cultura gratuita nas áreas mais remotas da região.

Baixe o edital neste link.

Abaixo-assinadoDescontentes com várias regras de participação  e com a retirada de 10 milhões de reais do primeiro valor prometido para investimento no programa, um grupo de produtores criou um abaixo-assinado virtual para protestar e exigir mudanças no edital.

Veja os termos do documentos neste link.