sábado, 25 de janeiro de 2014

Coluna Rede Literária, edição # 82, de 25.01.14

PRÓLOGO

Taí, para ti, a coluna da semana, tentando trazer infos bacanas para quem curte infos sobre literatura, livro e leitura. Esta é a nossa edição número 82. É coisa demais, né?
Aproveita e um beijo na bochecha.

Edgar Borges
Mande notícias: culturaderoraima@gmail.com/edgarjfborges@gmail.com
Siga no twitter: @borgesedgar

CURSO DE IDIOMAS

Quer estudar idiomas mas anda com a grana curta? Então aproveita a oportunidade: o Núcleo de Estudos de Línguas e Literaturas Estrangeiras da Universidade Federal de Roraima recebe na próxima semana os pedidos de isenção para os cursos de Inglês, Espanhol, Francês, Português para Estrangeiros e Mandarim. Baixa o edital em www.nucele.ufrr.br.


LEITURA DIGITAL

O portal Terra vai hospedar a página Nuvem de Livros (www.nuvemdelivros.com.br/), que oferece aos leitores a possibilidade de ler o conteúdo das obras sem precisar baixar o arquivo. O canal funcionará com uma assinatura mensal (R$ 14,90 para os assinantes Terra e R$ 19,90 para outros usuários) e permite a leitura ilimitada das obras do acervo. O portal pode ser acessado por PC e também em tablets e smartphones.

SEM AGROTÓXICOS

O coletivo Azoteas Verdes de Guadalajara (México) colocou na web um Manual de Agricultura Urbana. Escrito em espanhol, traz bacanas para quem pretende criar uma horta familiar. Baixe em http://bit.ly/JSb4Li

CONCURSO LITERÁRIO


Até 30 de janeiro estão abertas as inscrições para a 10ª edição do Prêmio Barco a Vapor, que pagará 30 mil reais de adiantamento de direitos autorais ao texto vencedor e oferecerá a oportunidade de publicar o material original pela Edições SM, na coleção Barco a Vapor. Serão contempladas obras de ficção nos gêneros romance, novela e narrativa breve. Confere o regulamento: http://barcoavapor.edicoessm.com.br/.

MAIS UM CONCURSO

Até 11 de abril de 2014 podem se feitas as inscrições no Concurso Nacional de Literatura João-de-Barro – Literatura para Crianças e Jovens – 2013. , promovido pela Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte (MG). Nesta os vencedores serão premiados em R$ 50 mil em cada uma das categorias: texto literário e livro ilustrado. Confere em http://bit.ly/1mQVgZ4.

SOBRE A DITADURA


Tem gente jurando que no tempo da ditadura militar o Brasil era um país melhor. Discordâncias à parte, baixa, se te interessar, o livro “Brasil: ditadura militar”, material didático escrito por Joana D’Arc Fernandes Ferraz e Elaine de Almeida Bortone, pesquisadoras da memória da ditadura e integrantes do Grupo "Tortura Nunca Mais" do Rio de Janeiro. As ilustrações são de Diana Helena. Aqui -->> http://goo.gl/2djFUP


POLÍTICA E PODER NA AMAZÔNIA



O livro “Política e poder na Amazônia: o caso de Roraima (1970-2000)”, do professor Nelvio Paulo Dutra Santos, da UFRR, é uma boa pedida de leitura neste ano de eleições, principalmente para quem tenta entender como se deu a formação político-partidária do Estado. Resultado de sua tese de doutorado, foi editado pela Editora da Universidade Federal de Roraima no final de 2013. Trata da evolução política de Roraima desde as transformações institucionais de cunho geopolítico na Amazônia no período recortado. Um capítulo é dedicado à parte teórica sobre partidos, elites, grupos, Estado e o planejamento desenvolvimentista dos militares pós-1964. Os outros capítulos tratam da evolução da sociedade de Roraima, principalmente de seus conflitos políticos.


OFICINAS DA CAMINHADA

A Secretaria Estadual de Educação e Desporto (Seed) divulgou as atividades do Programa Caminhada Literária para este ano: seis oficinas educativas para professores e mediadores de leitura. Abordarão os temas Elaboração de jornal escolar (28 a 30 de abril), Gêneros Textuais (26 a 30 de maio), produção textual (25 a 27 de junho), Contação de histórias (24 a 26 de setembro), Dinamização e organização das salas de leituras e bibliotecas (22 a 24 de outubro) e Lendo e dramatizando (19 a 21 de novembro).

ENCONTROS DA CAMINHADA

Seis encontros de mediadores de leitura serão realizados pela Seed. O primeiro será no dia 19 de março. Em agosto será feito o IV Expondo e Encantando. De 6 a 10 de outubro será realizada a Semana da Leitura e no dia 10 de outubro o III Festival de Contação de Histórias.


DIVULGANDO-ME

“Quando matar um índio não é algo mau: o caso Las Rubieras” é o título de um artigo que publiquei ontem na versão digital da Revista Fórum. Quem tiver interesse em saber como matar indígenas era considerado algo normal na fronteira da Venezuela com a Colômbia, acessa http://revistaforum.com.br/blogdosindigenas. Depois deixa sua opinião ou compartilha apenas.


PARA FECHAR, UM POEMA

A felicidade que foi embora


Tristeza é a morte
Quando fere os corações de quem vive
trazendo o vazio
que recordam as felicidades que existiam

Tristeza é a morte
Daquele que perdemos por motivo fútil
Do impulso de um corpo sujo
Agora sangrando no chão
aos olhos de quem o amava

Tristeza é a morte
Que vem mesmo sem avisar
Derramando lágrimas que não cessam
Sobre vidas que ainda persistem ao encontro das maravilhas
...
É o fim do mundo pessoal
dias de choro e ranger de dentes
Morte do coração que abateu uma boa vida
Permanecido então, em um mundo sem sonhos
eternidade de solidão e pensamento comum
olhos vivos sem horizonte
esperança sem amor
e outro amor findo
... sem mais companhia

Obra do jornalista Michel Sales. Para ler mais textos dele, vai em www.mythospoetico.blogspot.com.br.