quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Punk rock às margens do lago do parque Anauá





Já passou, foi no último sábado (18) e achei legal demais a ideia. Por isso vou falar dela mesmo tantos dias depois: 10 bandas de punk e batidas afins se reuniram, levaram instrumentos para o parque Anauá, ligaram uma lâmpada fluorescente e fizeram uma noite de rock no térreo de uma casa que é usada a cada seis meses pelo Governo do Estado para abrigar suas equipes durante as festas de Natal e o arraial.

O espaço serviu como palco para a iniciativa, que juntou umas cem pessoas, entre público e bandas.  Muito legal a proposta, que ofereceu diversão para a turma que curte este tipo de som e que, com certeza, não teria nada para fazer no sábado. 


A casa e o lago ao fundo no começo da noite (Foto: Edgar Borges)

A primeira banda sob um bico de luz (Foto: Edgar Borges)

Bate-cabeça no  punk rock (Foto: Edgar Borges)


Ao lado dos roqueiros, o Forródromo do Parque Anauá (Foto: Edgar Borges)

Além de curtirem o seu som, os caras dinamizaram um espaço geralmente muito mais do que morto quando chega a noite. O cenário desse encontro roqueiro foi a beira do lago do parque Anauá. A noite estava com uma brisa boa, a lua estava bonita e, até a hora em que fiquei lá, tudo corria na paz e na harmonia, com as devidas paqueras entre a turma e as devidas rodas de "bate-cabeça".

A intenção do grupo que organizou a noite do punk rock em Boa Vista é fazer outros encontros desse tipo, mas no dia ninguém soube me dizer quando seria o próximo. Eu só sei que vale muito a ida, tanto para ver a inexperiência de algumas bandas como para apoiá-las a continuar fazendo arte e ocupando espaços que ficam ociosos quase o tempo todo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário